terça-feira, 16 de julho de 2013

Sabiás da minha terra: Apresentação

De acordo com uma das muitas lendas indígenas que existem no folclore brasileiro quando uma criança escuta durante a madrugada, no início da primavera, o canto do Sabiá, está sendo abençoada com paz e felicidade. A ave-símbolo do Brasil serviu de inspiração para Chico Buarque e Tom Jobim, foi cantada por Luiz Gonzaga e eternizada na Canção do Exílio de Gonçalves Dias. Quem não conhece?

                Minha terra tem palmeiras,
                      Onde canta o Sabiá;
               As aves, que aqui gorjeiam, 
                    Não gorjeiam como lá.

Parafraseando Gonçalves Dias surgiu um novo bloco pro Surra, Sabiás da minha terra. Aqui no blog Sabiá não é simplesmente uma ave, são cantores, cantoras, bandas e músicos que assim como o Sabiá trazem felicidade àqueles que os escutam. Sabiás da minha terra pretende mostrar o cenário musical, principalmente o independente, de Pernambuco. Então, preparem as caixas de som ou os fones de ouvido que tem muita coisa boa vindo por aí!

Júlia Luna

De morena tropicana à estudante de letras. Torcedora rubro negra e leitora do mundo. Faço da vida um carnaval, e da minha cultura a minha fé. " A palavra é meu domínio sobre o mundo".

Nenhum comentário :

Postar um comentário