terça-feira, 8 de maio de 2012

Vida de Vestibular


                Ueba! Semana de provas passou! Infelizmente passou deixando muita gente triste.


                 Sim, essa sou eu após receber uma desonra (nota de prova). E assim nós tivemos nossa primeira crise psicológica do terceiro ano, só que não veio de mim e sim da nossa querida Lorena.
                Recebemos a nota de biologia e enquanto minha pressão subia, Loris já estava pensando na nota de matemática e começou a chorar. Não sei de onde ela tirou esta idéia de que não sabia contar, e iniciou tagarelando que uma tal pesquisa falou que num sei quanto por cento de pessoas terminavam o ensino médio sem saber contar direito e que ela não ia passar no vestibular. Não faltaram objeções, consolos e conselhos. Um dos que mais gostei foi quando disseram que ela estava ali para aprender e que só melhoraria se quisesse isso para si mesma. Aquilo pára mim foi mais que uma realidade, foi um modo de refletir.
                Percebi que muitas vezes eu não melhoro em certas coisas porque estou ocupada demais me desesperando e me desmoralizando. Duvidamos demais da nossa capacidade e resolvemos pouco as coisas. Claro que alguns resultados assustam, como no caso das notas baixas, mas se eu não pensar em recuperar e melhorar, vou continuar no mesmo estado. A mudança tem que partir do interesse de si próprio, não podemos de jeito nenhum esperar sentados um milagre, ou que outras pessoas resolvam nossos problemas, é inviável, elas estão resolvendo os problemas delas!
                Estamos nos acostumando a relaxar e confiar que outras pessoas resolvam nossas vidas, mas será que essas pessoas são confiáveis? Será que elas resolvem mesmo? Além de duvidar de nossa capacidade, estamos ficando preguiçosos. Eu passo a acreditar que os bons resultados vêm do esforço próprio. As pessoas tacham como sendo mais complicado, mas infelizmente, nada vem de mão beijada, e no fim só os fortes conseguirão aguentar, o resto desiste ao longo do tempo. E no final do ano vem o vestibular, claro que você não está preparado (ainda), mas resta saber se você vai batalhar até lá, se vai desistir logo ou se vai pagar alguém para estudar por você. O que você vai fazer?

Júlia Luna

De morena tropicana à estudante de letras. Torcedora rubro negra e leitora do mundo. Faço da vida um carnaval, e da minha cultura a minha fé. " A palavra é meu domínio sobre o mundo".

3 comentários :

  1. Isso mesmo amiga! Mas agora me diz, quem foi que deu esse conselho brilhante hein? kkkk

    ResponderExcluir
  2. Sim, mas quem foi a brilhante fotógrafaaaa? Sou fera! Se não passar em engenharia, faço um curso de fotografia e fico rica.

    ResponderExcluir